Mar de Letras
Jornal do Agrupamento de Escolas Cego do Maio
Pesquisa

Encontro de formação na Noruega - Projeto Erasmus+
Por Ana Ribeiro – Be/cre (Professora), em 2016/06/08858 leram | 0 comentários | 408 gostam
Atividades desenvolvidas em Kvale skule, Sogndal, Noruega entre os dias 16 e 20 de maio de 2016, sobre: Cooperação; Prevenção; Cuidados com a criança; escola e entidades municipais / modos de colaboração e papel do professor.
O objetivo para a reunião em Sogndal preparada pelos parceiros da Noruega consistiu em demonstrar às restantes equipas deste projecto Erasmus+ o trabalho de cooperação desenvolvido entre a sua instituição escolar e a sociedade local.
Foi feita uma abordagem prática (centro de esqui, glaciar e museu do glaciar, cidade do livro, celebração do dia nacional da Noruega, igreja, caminhadas….), assim como uma abordagem teórica nas reuniões com especialistas escolares (vereador, professores, enfermeira da escola etc.), informações prestadas pelos parceiros de cooperação (serviços educacionais e de psicologia de apoio à criança e família, serviços psiquiátricos de crianças e adolescentes, etc.) que ajudam a prevenir o abandono escolar precoce. A cooperação é realizada localmente por agentes públicos e privados e envolvendo professores e alunos.
O encontro teve como objetivo inspirar e envolver os professores participantes neste projeto a observar de uma forma prática o dia-a-dia escolar e as estratégias desenvolvidas para combater o abandono escolar precoce.
Estiveram presentes 18 representantes das escolas parceiras.
Croácia – 3 professores
Estónia – 3 professores
Itália – 3 professores
Polónia – 2 professores
Turquia – 3 professores
Portugal – 4 professores
A coordenadora do projeto na Noruega, Helga Hove, participou ativamente juntamente com outros professores da sua equipa.

•Dia 1
Após a chegada de todos os grupos, reuniram-se as equipas na escola para receberem informações sobre a organização da semana de formação e do programa.
No intervalo da manhã todo o grupo participou numa visita ao centro de ski, a 10 minutos de carro da escola.
De seguida, fizemos uma pequena viagem a Fjaerland onde visitámos o Glaciar, o museu da glaciar e a Cidade dos Livros.
A escola organizadora pretendeu demonstrar aos professores presentes algumas atividades que proporcionam ao longo do ano escolar aos seus alunos para evidenciar as possibilidades e riquezas locais.

•Dia 2
Celebração do dia Nacional da Noruega.
Todos os participantes assistiram ao desfile das escolas no centro da cidade e aos discursos das diferentes entidades e representantes escolares que dirigiram uma palavra de apreço e boas vindas aos professores do Projeto Erasmus+.
A coordenadora norueguesa do projecto ofereceu um almoço típico na sua casa.

•Dia 3
O dia começou com uma canção de boas-vindas interpretada por Oddbjørn Litlabø - um dos ex-alunos da escola que se encontra agora no ensino secundário.
Em seguida, o Presidente da Câmara de Sogndal, Jarle Aarvoll, deu ao grupo as boas vindas a Sogndal e fez uma apresentação da cidade e da sua história explicando como Sogndal se tem desenvolvido para se transformar na cidade vibrante e ativa que é atualmente.
Foi apresentado o projeto MOT (coragem), um programa que tem como objetivo ensinar / treinar cada aluno / jovens a ter a coragem de fazer as suas próprias escolhas e a ser independente. Promover a escolha livre e a autonomia é importante para ajudar a prevenir o abandono escolar precoce. Todas as turmas na escola Kvale participam neste programa, ao longo dos 5 anos de escolaridade (6.º ao 10.º ano).
Encontro com os especialistas que trabalham na escola Kvale (conselheiro, professora de estudos sociais e enfermeira escolar) que apresentaram o trabalho que desenvolvem com os alunos e que ajudam a prevenir o abandono escolar precoce.
Depois do almoço, o grupo foi visitar a escola de ensino secundário (11.º ao 13.º ano) contígua à escola básica de ensino intermédio. No local, observámos um grupo de formação profissional com os alunos da escola Kvale. Estes alunos obtêm formação profissional em substituição de aulas teóricas durante algumas horas por semana. Posteriormente reunimos com os serviços de acompanhamento das escolas que nos informaram sobre os problemas mais comuns que conduzem ao abandono escolar e o acompanhamento que é dado a esses alunos. O problema mais frequente é o da Fadiga Crónica, doença que prolifera entre muitos jovens noruegueses.
No final do dia, a equipa visitou uma das igrejas de madeira em Kaupanger, participou num piquenique e numa caminhada até ao topo de uma das montanhas para observar o Fiorde.

•Dia 4

Reunião de coordenação do projeto, onde foram tomadas decisões relativamente às próximas atividades a desenvolver com alunos – a atividade de pintura que já se encontra numa das páginas etwinning, e outra a ser preparada e que envolverá escrita e desenho de termos relacionados com os valores mais importantes e os pontos cativantes da escola. O resultado desta atividade será apresentado no próximo encontro na Estónia.
Os materiais para a construção do ebook a produzir na sequência do encontro em Portugal estão seleccionados e esta actividade deverá estar concluída até final de julho.
As equipas presentes neste encontro deliberaram que a página do Projeto será na Plataforma Etwinning e que os produtos e disseminação dos mesmo deverão continuar a ser realizados através das redes sociais, dos blogues e páginas web das escolas e dos media locais.
Os resultados da avaliação do encontro realizado em Portugal no mês de março e obtidos através de questionários dirigidos aos alunos participantes serão apresentados no próximo encontro na Estónia, o qual, ficou também decidido se realizará entre os dias 3 e 7 de outubro.
Cada representante dos países parceiros fez uma apresentação das medidas/estratégias aplicadas no seu país/escola no que diz respeito ao combate ao abandono escolar precoce.
Procedemos à troca das caixas de valores. Desta vez, Portugal fica na posse da Caixa de Itália. Antes do próximo encontro na Estónia serão realizadas atividades na biblioteca para que os alunos possam explorar os valores colocados pela escola italiana.
O grupo foi acompanhado pelo Diretor da escola Kvale ao Fosshaugane Campus onde almoçou na cantina universitária. Aqui reunimos com o representante da Universidade de Sogndal e da equipa de futebol (que joga na primeira divisão da Noruega) e que pratica nas instalações do Campus Universitário.
De seguida, reunimos com outros parceiros de cooperação, os serviços pedagógico-psicológicos, onde recebemos informações sobre o seu funcionamento e o modo como contribuem para prevenir o abandono escolar precoce e assistimos a uma apresentação do Professor Director do Curso Superior para professores sobre os cursos leccionados na Universidade e as estratégias de incentivo aos alunos para prosseguimento de estudos.

•Dia 5
O dia teve início com uma visita guiada por alunos pelos diferentes espaços escolares. Cada equipa foi acompanhada por dois ou três alunos. Visitámos diferentes aulas do ensino básico e secundário e outras atividades realizadas por alunos, nomeadamente na cozinha, onde decorria uma atividade de empreendedorismo e "empresas" entre os alunos.
De regresso ao Campus Universitário, observámos alunos e professores envolvidos em situações de ensino / aprendizagem combinada com a atividade física. Por exemplo, uma aula de Inglês, onde os alunos em forma de jogo desportivo tinham de aplicar diferentes expressões inglesas ou conjugar verbos. Conversámos com uma aluna portuguesa de 12 anos que se encontra a frequentar há dois anos a escola de Sogndal. A aluna, apesar das dificuldades de comunicação que enfrentou no início, encontra-se a frequentar o 6.º ano e refere que o que mais a atrai no ensino é a autonomia com que os alunos atuam na escola e no seu processo de aprendizagem, as atividades desportivas aliadas à escola, o ambiente descontraído e de amizade entre colegas e professores e o facto de a escola terminar sempre cedo de modo a que possam ter outras atividades.
Assistimos ainda a um espectáculo/concerto promovido pelo Projeto MOT onde os alunos apresentaram diferentes atividades e talentos.
Nessa noite teve lugar o jantar de despedida com a entrega de certificados de participação e troca de pequenos presentes.
As diferentes equipas prepararam-se para o regresso aos seus países efectuando uma viagem noturna de autocarro de 7horas até ao aeroporto de Oslo.


Mais Imagens:

Comentários

Escreva o seu Comentário