Mar de Letras
Jornal do Agrupamento de Escolas Cego do Maio
Pesquisa

Bombeiros na Cego do Maio!
Por Be/cre Cego do Maio (Professor), em 2015/06/08366 leram | 0 comentários | 87 gostam
No dia 5 de junho, na escola sede do nosso agrupamento tivemos o privilégio de ter entre nós profissionais dos Bombeiros da Póvoa de Varzim, que trabalharam com os alunos do 9.º ano, técnicas de Suporte Básico de Vida.
Embora esta temática entre obrigatoriamente no currículo das Ciências Naturais do 9.º ano de escolaridade, a partir do próximo ano letivo, a professora Margarida Marinha, após uma formação sobre o tema, tomou consciência da importância vital, que o conhecimento e domínio destas técnicas têm para cada um de nós. Ninguém está livre de se defrontar em casa, na rua, na escola ou em qualquer local com uma pessoa que esteja em perigo de vida. E desde que haja condições de segurança é um dever cívico e moral de cada um, ajudar. Ajudar como puder e souber. E saber técnicas básicas de suporte de vida, saber como falar com o 112, saber que informações fornecer aos meios de socorros, pode fazer a diferença entre a vida e morte de alguém.
Por isso mesmo, a professora Margarida não esperou que este assunto entrasse no currículo e convidou os Bombeiros da cidade a vire à escola já este ano e ensinarem-nos a sermos mais úteis, mais responsáveis cívica e moralmente, em suma, a ajudar-nos a ajudar outros que possam precisar, a viver. Mais e com mais qualidade.
Este desafio foi prontamente aceite pela corporação de bombeiros e no dia marcado, os bombeiros 55 e 70, com todo o entusiasmo, profissionalismo e empenho, trabalharam com os jovens que atualmente estão no 9.º ano o Suporte Básico de Vida. Foi muito profícuo e divertido. Foi envolvente e estimulante. Todos saíram mais sabedores, mais preparados, mais cidadãos.
Fica aqui o nosso agradecimento muito especial aos Bombeiros Voluntários da Póvoa de Varzim e a esperança de voltarmos a trabalhar juntos, de novo e em breve.
Margarida Marinha da Silva

Mais Imagens:

Comentários

Escreva o seu Comentário